Alerta Bahia
Plantão Alerta Bahia

Última chuva destrói estradas e interdita pontos de vicinais em Malhada e moradores reclamam da intrafegabilidade

Vicinais / Foto facebook/ Por Wágnar Barbosa

As últimas chuvas que caíram em Malhada, sudoeste da Bahia danificaram toda malha viária do município, principalmente a intensa chuva que caiu de domingo dia (04) a segunda-feira dia 05 de fevereiro, gerando estragos gigantescos em trechos importantes das vicinais.

Moradores de comunidades como Panela do Tapuio, Pau D´Arco, Ilha de Zezé, Assentamento Bela Vista, Ilha de Malhada, Tomé Nunes e no (BNH) em Julião reclamam da situação das estradas.

 

Moradores

O site conversou com algumas pessoas, por elas foi externada a preocupação com a dificuldade de trafegar em alguns pontos do município.

Um cidadão de Ilha de Malhada disse que a equipe da prefeitura precisa passar lá, pois as estradas acabaram, e não foi depois dessa chuva não, já estava bastante degradada.

Um cidadão de Pau D´Arco “Trecho que antes gastava uma hora, agora gasta uma hora e meia, mais bem que não culpo o prefeito porque foi consertada há pouco tempo e já está ruim”, disse um morador da comunidade.

Uma cidadã da mesma comunidade já diz nas redes sociais que o gestor lembra de todas as outras estradas, já as vias de Pau D´Arco e Parateca estão esquecidas.

Um cidadão de Panela de Tapuio “Agente imagina passar nessa estrada, a principal até que está menos mal. Conserta todas as outras mais essa aqui já faz mais de três anos que não é jogado cascalho, está horrível”, disse uma moradora da comunidade.

Prefeitura.

A nossa reportagem procurou o prefeito do município, Valdemar Lacerda Silva Filho (Dezin) e questionou sobre a situação das estradas, segundo o gestor não é somente essas estradas, e sim todo município.

“As estradas de Parateca a Caatinga seca estão todas acabadas e a prefeitura não tem dinheiro para recuperar todas de uma só vez, estamos trabalhando para ver se recuperamos pelo menos as principais, a verdade é essa. Ano passado recuperamos mais de 280 km de estradas, hoje início do ano já está ai tudo assim. Como sempre falo, não vou enganar ninguém, como consertar todas as estradas sem ter dinheiro? Como? não é só Malhada não, é todo o país que está em crise e preciso que o povo reconheça”, disse Dezin.

Representantes da Defesa Civil

Diante das críticas de populares e a fala do prefeito malhadense procuramos a defesa civil no município, representantes como a coordenadora Viviane Silva nos disse que choveu mais (100 mm) em alguns pontos do município e que realmente a situação é preocupante, foi ainda relatado que algumas pessoas já procuraram o órgão solicitando ajuda, pessoas que água invadiu casa, outras que moram em barracos e solicita lonas para impedir que molhe o interior da residência e seus poucos móveis. A coordenadora nos afirmou  que estão já providenciando essas ajudas.

A nossa reportagem também recebeu informações de diversos pontos onde ouve transbordamento de córregos como: Pedrinhas, Serra de João Alves I e II, Vicinal Principal, Mestre Campus entre outros.

Fotos

Alto Bonito a Julião
Alto Bonito a Julião
Serra de João Alves I / Foto: Eliana Porto
Estrada Panela do Tapuio a Vicinal Principal / Facebook
Alto Bonito a Julião

Publicações Relacionadas

Brasil vai expulsar diplomata da Venezuela

David Porto

Polícia Civil prende acusado de participar da morte de Jossimar em Carinhanha

David Porto

Ministério da Saúde incorpora medicamento para Alzheimer no SUS

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Política de Privacidade

Privacidade & Política de Cookies