Alerta Bahia
Destaque Malhada

Iara da Paixão não faleceu por conta do espancamento e sim pela demora, disse Advogado do acusado, em entrevista

Nesta terça-feira dia 24 de setembro, em entrevista concedida a emissora de rádio, Cidade FM de Carinhanha, oeste da Bahia o advogado de defesa de Joaquim José da Silva Neto (Quinca) de 44 anos, acusado de ter assassinado a criança Iara da Paixão de 11 anos a pauladas no Riacho de Tindão, no início do ano passado, no distrito de Canabrava, município de Malhada, sudoeste da Bahia disse que a menina não morreu pela agressão e sim pela demora de atendimento médico especializado, ou seja, em sua fala Dr. Vital Farias acusa que se não fosse a demora da regulação, e se rapidamente estivesse levado a criança à Guanambi onde estivesse um atendimento especializado, ou de Guanambi conseguissem um avião e a encaminhasse, por exemplo a Salvador, acredita que Iara da Paixão não teria falecido.

 O defensor continua afirmando que o acusado (Joaquim) não foi o autor da agressão, e disse que para aquele que cometeu o crime não se enquadra a acusação de homicídio, e sim lesão corporal seguida de morte, pois a vítima foi agredida e morreu só 4 dias depois, e por negligência.

A morte não foi pelo espancamento e sim pela demora”, disse o advogado.

Se tratando da prisão de Quinca, a defesa disse que já se trata de prisão ilegal, pois já soma 176 dias uma preventiva enquanto a lei diz que neste caso é até 120 dias.

Joaquim está sendo vítima, ele não é o autor, e ainda levando em consideração que a mãe de Iara disse em rádio que tinha 6 ou 7 suspeitos, esse material foi levado a audiência, mas não disseram nada a respeito”, comentou Vital.

Quanto a atual situação do acusado, a defesa disse que já solicitou a revogação da prisão, e que nos próximos 5 dias o magistrado deverá se manifestar.

Em suas considerações o advogado prestou os sentimentos a Eliane Paixão, mãe da menina e comentou que imaginava o quanto ela estaria sofrendo, na posição de mãe.

Joaquim foi pronunciado pelo juiz na última audiência que aconteceu no fórum de Carinhanha, dia 17 desse mês, e a defesa entrou com pedido de anulação.

__________________________________________________________________________________________

Post – 24/09/2019 – 08:39

Por: David Porto

Publicações Relacionadas

Malhadenses suspeitos de praticar furtos de motos pela região são capturados em Guanambi

David Porto

Carinhanha receberá mais de 2 milhões de reais em rateio do leilão do pré-sal

David Porto

Arthur Maia e Luís Augusto fazem reunião em Carinhanha; Novas lideranças locais declaram apoio aos deputados

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: