Alerta Bahia
Bahia Destaque

“Nós não permitiremos o genocídio”, diz APLB após Rui Costa liberar aulas semipresenciais na Bahia

Foto: Paula Fróes/ GOVBA

A Associação dos Professores Licenciados do Brasil – Sessão Bahia (APLB) manifestou que não permitirão o genocídio em que o governo estadual quer colocar os professores com o início de aulas semipresenciais, e exclamou, “Já basta de tanta morte”. 

A fala veio depois do governo do estado autorizar aulas em modo semipresencial na rede estadual de Salvador, e junto com esse posicionamento, veio a decisão de que os professores manterão a paralisação. 

Segundo representantes, as aulas do mesmo modo foram liberadas na rede municipal, só que se ver poucos alunos e poucos docentes. 

“Nós não permitiremos o genocídio em que eles querem colocar os professores de frente com o vírus. Já basta de tanta morte”. 

“Nós vamos dar o mesmo tratamento que nós estamos dando à Prefeitura de Salvador. Vamos dar a mesma resposta para o governador e o secretário da Educação”, disse a diretora do sindicato, completou Elza Melo à imprensa da capital. 

Para o sindicato,  para que os professores voltem as salas de aula, precisa antes serem todos imunizados, com primeira e segunda dose. 

_____________________________________________________________________________

POST – 05/05/2021 – 11:59

Informação: Bahia Notícias

Da Redação

Publicações Relacionadas

Ônibus pega fogo em vicinal da zona rural de Malhada

David Porto

Município de Carinhanha inicia nesse sábado a vacinação de profissionais da comunicação, detentos, moradores de rua e outras classes

David Porto

Feira da Mata: Homem morre afogado em barragem enquanto pescava

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Privacidade & Política de Cookies