Alerta Bahia
Carinhanha Destaque

Vereador pode estar novamente infectado com calazar em Carinhanha e usa tribuna para…

Marcelo Falcão/Foto: David Porto

Na noite dessa segunda-feira dia (05 )de agosto, o retorno dos trabalhos do legislativo municipal de Carinhanha, oeste da Bahia foi aquecido, e algumas novidades foram anunciadas por vereadores, inclusive o vereador Marcelo de Castro Falcão (Marcelo Falcão) novamente desabafou diante de uma notícia nada agradável que anunciou para os presentes.

Falcão foi infectado à aproximadamente 08 meses pela Leishmaniose Visceral e agora suspeita está com a Leishmaniose tegumentar, ou cutânea.

Ao fazer o uso da fala, Marcelo iniciou com as seguintes palavras.

Quase um ano atrás eu tive um problema de saúde, e estou novamente com suspeita de estar infectado com o calazar!” afirmou o parlamentar.

Marcelo disse que toda agonia que passou à uns (08) meses atrás está sentindo novamente.

Bicho! eu passei uma agonia tão ruim ano passado, minha filha doente, minha esposa, eu doente, e agora já estou na segunda versão do calazar, a primeira foi visceral, de dentro para fora, e agora a cutânea, que vem monte de ferimentos, nem sinto o gosto da comida ” externou o parlamentar.

O vereador disse que não cria animais em sua residência.

De acordo pesquisa feita pelo site, Há duas formas de leishmaniose: a tegumentar, ou cutânea, e a visceral. A tegumentar é uma doença infecciosa, não contagiosa, transmitida por diversas espécies de protozoários do gênero Leishmania, que acometem o homem e provocam úlceras na pele e nas mucosas das vias aéreas superiores.

A leishmaniose visceral é uma doença transmitida pelo mosquito-palha ou birigui (Lutzomyia longipalpis) que, ao picar, introduz na circulação do hospedeiro o protozoário Leishmania chagasi. A doença é sistêmica e se dissemina no interior dos órgãos, principalmente fígado, baço e medula óssea.

A doença não é contagiosa nem se transmite diretamente de uma pessoa para outra, nem de um animal para outro, nem dos animais para as pessoas. A transmissão do parasita ocorre apenas através da picada do mosquito fêmea infectado.

Sem tratamento adequado, a doença pode ser fatal em mais de 95% dos casos.

__________________________________________________________________________________

Post – 07/08/2019 – 12:32

Por: David Porto

Publicações Relacionadas

Menino malhadense que estava desaparecido foi localizado em Bom Jesus da Lapa; Boatos diziam que…

David Porto

Criminosos armados tomam motocicleta em assalto na sede de Malhada

David Porto

Avó é investigada por abusar sexualmente de neto no Norte de Minas

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: