Alerta Bahia
Plantão Alerta Bahia

Sem Terra invade o parque gráfico do jornal O Globo no Rio de Janeiro

Foto: Reprodução O Globo

Cerca de 400 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST), a maioria mulheres, invadiram o parque gráfico do GLOBO na manhã desta quinta-feira. Entre os manifestantes, que chegaram em dez ônibus, havia pessoas armadas com facões. O grupo parou no estacionamento para visitantes, de acesso livre, e invadiu o prédio. Os seguranças da empresa não impediram a invasão, devido à quantidade de pessoas.

Os manifestantes fizeram pichações de mensagens políticas em vidraças, sofás, paredes e no piso. Também atearam fogo em pneus ao redor de um totem com o nome do jornal, que é de metal e não chegou a ser danificado. Os invasores gravaram toda a ação e divulgaram em redes sociais. Meia hora depois da invasão, o grupo deixou o local. Não houve feridos.

A polícia vai investigar o caso. Uma perícia foi enviada ao local.

ENTIDADES REPUDIAM OCUPAÇÃO

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) repudiaram, com veemência, a invasão do MST ao parque gráfico do GLOBO.

Em nota conjunta, as entidades afirmaram que “é inadmissível que um grupo, que se diz defensor das causas sociais, ameace e ataque profissionais e meios de comunicação que cumprem a missão de informar a sociedade sobre assuntos de interesse público”.

A Abert, a Aner e a ANJ pedem apuração dos fatos, “com a punição dos responsáveis, para que vandalismos como este não voltem a se repetir”.


 

Post – 08/03/2018 – 16:24

 

Por: O Globo

Edição: David Porto

Publicações Relacionadas

Vereador de Carinhanha participa de reuniões comunitárias pelo município

David Porto

Mais um detento que fugiu da cadeia de Carinhanha é recuperado pela polícia

David Porto

Estudantes de Bom Jesus da Lapa farão intercambio em Portugal

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Política de Privacidade

Privacidade & Política de Cookies