Alerta Bahia
Plantão Alerta Bahia

Polícia prende chefes de torcidas organizadas e leva dirigente de clube no RJ para depor

Foto: Fernanda Rouvenat / G1

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), em conjunto com o Ministério Público e com o Juizado Especial do Torcedor, prenderam, na manhã desta sexta-feira (1), três líderes de torcidas organizadas de times de futebol do Rio. Os agentes ainda cumpriram um mandado de condução coercitiva contra um dirigente do Botafogo. A polícia está nas sedes dos clubes cumprindo mandados de busca e apreensão.

Por volta das 6h, foram presos Manuel de Oliveira Menezes, presidente da Young Flu, que estava em casa em um condomínio fechado em Quintino, na Zona Norte do Rio, Luiz Carlos Torres Júnior, o Fila, vice-presidente da Young Flu, e Ricardo Alexandre Alves, o Pará, presidente da Força Flu.

O objetivo da Operação Limpidus é cumprir 4 mandados de prisão, 8 de condução coercitiva e 13 de busca e apreensão, expedidos pelo juiz Guilherme Schilling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos (JETGE). Todos serão indiciados por associação criminosa e os chefes de torcidas também responderão por prática de cambismo.

A polícia também cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do vice-presidente de Estádios do Botafogo, Anderson Simões, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. Ele também foi levado para delegacia, alvo de condução coercitiva. A polícia apreendeu dois facões na sala de Simões no estádio do Engenhão. Segundo a polícia, durante as investigações foi identificada uma relação promíscua entre clubes e torcidas organizadas, algumas delas banidas dos estádios pela Justiça. Apesar disso, líderes dessas organizadas recebiam regularmente ingressos que eram repassados para cambistas e vendidos a preços altos. Ainda segundo a polícia, torcedores banidos dos estádios por incitar a violência também usavam esses ingressos para assistir aos jogos. Outra ilegalidade cometida pelos clubes é o financiamento de torcidas organizadas já penalizadas com medidas de afastamento. Para o MPRJ, as condutas estariam fomentando a violência nos estádios. Também são cumpridos mandados no Engenhão, em São Januário, no Maracanã, na Zona Norte, e nas Laranjeiras, na Zona Sul.

 

Post – 01/12/2017 – 09:00

 

Por: Mohamed Saigg, Guilherme Peixoto, Bruno Albernaz, Fernanda Rouvenat e Marcelo Bruzzi, TV Globo, G1 Rio e GloboNews

Edição: David Porto

Publicações Relacionadas

Veja as novidades: Secretário de administração de Malhada faz balanço do primeiro ano do governo

David Porto

List: Our Top 5 Picks for Breakfast meals to Kick Start your Day

David Porto

Prefeito de Malhada Lança Nota de Pesar e Decreta Três dias de Luto Pela Morte De Cleiton De Ramiro

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Política de Privacidade

Privacidade & Política de Cookies