Alerta Bahia
Destaque Malhada

Polêmica na política de Malhada: Anselmo acusa Dezin de traição e afirma que Dezin apoiou Dr. Gimmy nas eleições de 2020

Anselmo e Dezin/Foto Alerta Bahia

A política do município de Malhada, sudoeste da Bahia aos passos de sua tradição, “pegou fogo”, no início da tarde desta quinta-feira dia (10) de junho, após uma mensagem do ex-prefeito e ex-vice-prefeito, Anselmo Boa Sorte (PL) encaminhada a um programa de rádio afirmando que seu ex-companheiro de grupo, o ex-prefeito Dezin (MDB) havia lhe traído e ainda apoiado o adversário nas últimas eleições. 

Anselmo apoiou o emedebista na campanha política de 2016 para que em 2020 Valdemar Lacerda (Dezin) retribuísse, mas aconteceu uma certa resistência por parte de Dezin, segundo Anselmo, e pelo fato de o grupo político ter escolhido ele para encabeçar a chapa em busca da prefeitura, Dezin teria dado apoio só de “fachada” e “por debaixo do pano” apoiou o adversário, o que ocasionou sua derrota do seu grupo. 

Desde antes das eleições que esse burburinho de que Dezin não estava dando o total apoio à Anselmo existiu, e no apagar das luzes da derrota, essa afirmação ganhou mais força, o que levou a reportagem do Alerta Bahia conversar com Boa Sorte alguns dias depois, e nesta conversa o então candidato derrotado já afirmava que foi traído, e que tinha certeza do apoio de Dezin e de seus próximos ao então candidato, Gimmy Everton. 

Nas eleições antepassadas quando nós ganhamos, eu derramei suo para elegê-lo, cumpri com minha palavra e esperei que ele também fizesse o mesmo agora, já que foi uma promessa pública dele, mas o que eu ganhei foi isso aí que vocês viram”, falou Anselmo. 

Ainda na mensagem polêmica enviada ao radialista nesta quinta-feira, Boa Sorte disse que as filhas de Dezin estão trabalhando em Guanambi sob negociata com Dr. Marcelo, apoiador de Gimmy, assim como teria veículos do filho do emedebista alugado pela atual gestão. 

Conversa de Anselmo Com o Radialista
Júnio Guedes/encaminhado pelo radialista ao Alerta Bahia

Como direito ao contraditório, a reportagem entrou em contato com o ex-prefeito, e ele disse que o posicionamento de Anselmo foi ‘molecagem”, e que todos sabem que ele fez até três reuniões por dia em busca de apoios para Anselmo.

“Ele perdeu porque ele quis, correu com integrantes do grupo e foi cuidar da banana dele esquecendo da campanha”, comentou Valdemar Lacerda. 

Ainda no assunto, Dezin negou que veículos de seu filho esteja alugado para a prefeitura e disse que está tranquilo quanto as acusações. 

Finalizando, o site Alerta Bahia perguntou ao Valdemar Lacerda se ele confirmava a postagem do site folhadovale.net, onde o redator afirma que ele disse que Anselmo teria ficado 22 dias de mal do candidato a vice durante a campanha; só que Dezin disse que não falou para site nenhum, e nem teria mandado ninguém publicar resposta alguma, até porque o que foi dito contra ele nem merece resposta. 

Desde o fechar das urnas das eleições de 2020 que Anselmo e Dezin não se falam.

___________________________________________________________________________

Post – 10/06/2021 – 18:55

Da Redação

Publicações Relacionadas

A sete anos jovem desenvolve projeto de escolinha de futebol em Carinhanha e agora pede ajuda

David Porto

Caetiteense morre com tiro na cabeça em Bom Jesus da Lapa após reagir a assalto

David Porto

Cantor é encontrado morto no norte de Minas

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Privacidade & Política de Cookies