Alerta Bahia
Plantão Alerta Bahia

(FG) Faculdade Guanambi passa a ser Centro universitário após nota máxima na avaliação do MEC

Foto: Divulgação Ascom

A Faculdade Guanambi (FG), no ano em que completa 15 anos de atuação no que se refere à educação superior, foi transformada em Centro Universitário. O Ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho assinou, na tarde de sexta-feira (22), a portaria de homologação, que foi publicada no dia 26/12/2017, no Diário Oficial da União.

A portaria foi publicada após cumpridas todas as etapas exigidas pelo Ministério da Educação, que incluíram a visita de uma comissão especial do MEC, apreciação do parecer dos avaliadores no Conselho Nacional de Educação (CNE) e assinatura do Ministro da Educação. Na ocasião da visita de avaliação, que aconteceu em fevereiro deste ano, a FG obteve nota máxima em todas as dimensões em que foi avaliada.

O relatório elaborado pela comissão especial avaliou a Faculdade Guanambi em cinco eixos: Planejamento e Avaliação Institucional; Desenvolvimento Institucional; Políticas Acadêmicas; Políticas de Gestão e Infraestrutura Física.

De acordo com o relatório, a Instituição cumpre todos os requisitos legais que se aplicam ao ato de Credenciamento Centro Universitário. Neste cenário, a FG passará a ser o único Centro Universitário com conceito máximo (5) do estado da Bahia e referência dentre as instituições de ensino do país.

UniFG – A migração para Centro Universitário promoverá uma reestrutura administrativa e acadêmica na FG. Segundo o Diretor Geral, Prof. Georgheton Nogueira, a mudança já começa pelo nome da instituição, que passa a se chamar UniFG.

“O resultado positivo da migração para Centro Universitário é fruto do trabalho sério que a FG vem desenvolvendo ao longo dos últimos 15 anos. A nota máxima na avaliação e a aprovação no CNE só atestam a responsabilidade que temos para com a oferta do ensino superior aqui no interior do Nordeste”, afirma Nogueira.

Segundo o presidente da Mantenedora da Faculdade Guanambi, Felipe Duarte,  a migração para Centro Universitário implica em maior autonomia institucional para abertura de novos cursos e ampliação dos investimentos na plataforma de pesquisa, especialmente com a abertura de novos programas de Mestrado e Doutorado.

 

 

Post – 27/12/2017 – 11:23

Por: ASCOM UNIFG/ Reprodução: Alô Cidade

Edição: David Porto

Publicações Relacionadas

Homem da entrada no hospital de Carinhanha após ser vítima de golpe de faca

David Porto

Bolsonaro poderá se filiar ao PR ou PSL para disputar eleição, afirma coluna

David Porto

Saiu nesse Sábado Premio de R$ 20.777.195,15 da Mega Sena

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Política de Privacidade

Privacidade & Política de Cookies