Alerta Bahia
Brasil Carinhanha Destaque

Esquema de pirâmides financeiras voltam a dar golpes na região; Carinhanhense denuncia perca de mais de 2 mil reais e acúmulo de dívidas em 50 mil reais

Imagens encaminhadas pela vítima ao site

Os golpes de pirâmides financeiras estão de volta, e outra vez fazendo vítimas no município de Carinhanha, oeste da Bahia. Uma moradora do bairro, Alto da Colina, identificada por Joana D’Arc Pereira Neres, de 36 anos procurou a delegacia e o site Alerta Bahia para denunciar um golpe sofrido, onde perdeu R$ 2.269,00 reais em espécie, e acumulou dívidas que chegam a aproximadamente 50 mil reais com um aplicativo chamado “Kooshopper” . 

Segundo Joana, foi iludida por um rapaz identificado por Weslite Ribeiro, que tem familiares no seu bairro. Na conversa, o próprio lhe afirmou que o aplicativo “Kooshopper” era confiável, e confirmou que se ela empregasse o valor de R$ 2.269,00, em 60 dias teria 26 mil reais na conta, e se deixasse 10 mil na conta por 60 dias ela receberia cerca de 132 mil. 

“Trabalho com vendas, nesse período estava ruim, eu precisando de dinheiro para pagar as dívidas e me apareceu esse trem dizendo que era emprego. O cara me iludiu tanto, até depósitos feitos para conta dele ele me mostrou, afirmou que era confiável, e eu entrei, agora não sei o que faço de minha vida, saí mandando cheques, fazendo compras confiada nesse dinheiro e agora estou desesperada”, lamentou Joana. 

Conforme denunciado pela vítima na delegacia, ela fez uma transferência no valor de R$ 1.047,84 na conta de uma pessoa jurídica identificada por Amili Cosméticos Eireli, em uma conta Bradesco, no dia 26/07/2021 e uma no valor de R$ 1.079,87 em uma conta no nome de Working Comercial Eletronicos Eireli no dia 26/08/2021. 

Weslite disse a Joana D’Arc que também foi uma vítima. 

Anteriormente, no período de 2010/2011 esse esquema criminoso de pirâmides agiu em Carinhanha, onde lesou várias pessoas, como as empresas BBom, Telexfree e mais onze que foram investigadas por pirâmide financeira. 

A Polícia Civil investigará o caso, mas o delegado, Dr. Zanderlan Fernandes já alertou que esses golpes em sua maioria são quase impossíveis recuperar o dinheiro perdido. 

A delegacia de Carinhanha caracterizou o crime como: crime de “tentar ou obter ganhos ilícitos”, sob Lei 1521 – Art. 2 inciso IX .

O site Não Conseguiu localizar Weslite, mas deixa o espaço aberto para quaisquer explicações e defesa. 

Veja abaixo um pouco sobre as pirâmides

_____________________________________________________

Post – 09/09/2021 – 11:53

Da Redação

Publicações Relacionadas

Número de mortes por H1N1 na Bahia sobe para 31

David Porto

CIPE/Sudoeste adentra na comunidade de Angico na zona rural de Carinhanha e apreende motocicleta

David Porto

Homem acusado de tentativa de estupro no distrito de Canabrava em Malhada ganha liberdade

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Privacidade & Política de Cookies