Alerta Bahia
Carinhanha Destaque Malhada

Carinhanhense é encontrada no município de Malhada após ser estuprada, agredida e ter pedras introduzidas na vagina

Imagem ilustrativa de estupro/Foto reprodução

Uma jovem carinhanhense de 26 anos foi estuprada e encontrada com sinais de agressão (lesões) e ainda com pedras introduzidas na vagina, em uma vicinal, no município de Malhada, sudoeste da Bahia. 

Segundo apurou o site Alerta Bahia, populares acharam a menina nas citadas condições, por volta de 12h00min da última sexta-feira dia (19) de fevereiro e a conduziu até o hospital municipal de Carinhanha, Maria Pereira Costa (Dona Quinha) onde ela foi devidamente atendida e transferida no mesmo dia para uma profilaxia e para o uso de medicação de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis em Guanambi/BA. 

A unidade de saúde carinhanhense informou ao site que a jovem deu entrada, foi transferida para Guanambi e retornou no mesmo dia, ficando então internada no Dona Quinha por três dias, onde recebeu alta nesta segunda-feira (22/02). 

 A vítima foi encontrada próximo de uma das fazendas do agricultor, Anselmo Boa Sorte, e inicialmente ela disse que teriam sido dois criminosos, e posteriormente disse que foi apenas um, mas até onde averiguou o Alerta Bahia, a autoria ainda não foi identificada. 

A Secretaria de Assistência Social forneceu serviços psicológicos para a jovem. 

A Polícia Civil disse que a vítima ainda não prestou declarações, mas expediu guia pericial para exame de corpo de delito e o caso será investigado.

_____________________________________________________________________________

Post – 22/02/2021 – 19:40

Da Redação

Publicações Relacionadas

Os Clones do Brasil e Swing do Rafa são confirmados para o aniversário de Carinhanha

David Porto

Idoso morre depois de passar mal enquanto vinha da roça na zona rural de Carinhanha

David Porto

Equipe da secretaria de saúde de Malhada faz campanha para ajudar gestantes carentes

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Privacidade & Política de Cookies