Alerta Bahia
Plantão Alerta Bahia

Câmara de Carinhanha começa trabalhos em 2018 prometendo surpresas

A câmara legislativa carinhanhense começou seus trabalhos na noite dessa quinta-feira dia (15) de fevereiro por volta de 19h00min.

O prefeito Geraldo Pereira Costa não compareceu e enviou para lhe representar, o secretário de agricultura, Jader Wilton ( Jadinha), que levou uma mensagem em nome do gestor.

A sessão iniciou com apenas (10) pessoas no público, Um evento que era esperado calma e solenidade, teve aparência de sessão ordinária começando com cobranças ao executivo.

Quando os vereadores começaram a falar, quase que em um todo, demonstraram insatisfação com a administração municipal e se anunciaram mais ativos, exigentes e com maior empenho em fiscalizar nesse segundo ano de mandato.

Alguns parlamentares relataram que em 2017, nenhum projeto de lei dos vereadores foi aprovado e executado pela gestão, trazendo amplas cobranças, inclusive por parlamentares do grupo do prefeito.

– O vereador João Galego disse que como sempre relatou só espera prefeito até um ano, e que existe muito a ser feito, além de ver a necessidade de o executivo mostrar serviço.

Adirlan Soares manteve sua cobrança dizendo que há grande necessidade de uma reunião de todos os parlamentares e o prefeito.

Gilvan Crente disse que há muito a se fazer por cada comunidade, e transpareceu a necessidade da união entre a casa para ajudar a população, afirmando que a presidente Evania terá muita responsabilidade sobre se, até mesmo por ser chefe do segundo poder do município.

Marcelo Falcão apresentou um discurso explosivo afirmando que dos (11) vereadores lá sentados, poucos voltariam após as próximas eleições, e falou que será ainda mais duro em suas falas e postura nesse ano que iniciou.

“Se na campanha diziam que eu era só mais um doido, agora vão ver o que faz o doido” disse Marcelo.

– O vereador Jasir Moreira, não demonstrou defesa à gestão, e disse está pronto para cobrar do executivo.

Edivaldo Melo relatou que discorda da realização da grandiosa festa de Carnaval e reafirmou apoio aos professores e demais servidores.

Renaldo do Frota manteve sua mesma postura do ano passado e cobrou serviços do executivos até ser interrompido pela presidente, dizendo que era uma sessão solene, não ordinária.

Valdir de Samuel disse ao Alerta Bahia que não se pronunciou.

– Além de dizer que quando o secretário de agricultura foi até a rádio falar pelo prefeito, teriam que ter mandado a secretária de educação ou secretário de administração e não o secretário de agricultura, Woshinton Alves manteve uma fala mais pacífica e se pôs a disposição dos carinhanhenses.

Ronaldo Cassiano criticou o carnaval realizado, também a falta do prefeito na sessão, relatando que seria de praxe a presença do gestor no evento.

“Desde antes de ele ser eleito, a agenda dele já estava escrita, e sabia que teria de está aqui hoje”, afirmou Ronaldo.

O vereador ainda relatou que a falta do prefeito não é atípica e certamente foge por não ter nada para mostrar.

– Finalizando, a presidente da casa, (Evania de Jadinha) como apelidada leu o que seria suas palavras, dizendo que vereadores são os responsáveis pelo desenvolvimento de Carinhanha e que todos devem apreciar os projetos enviados a casa antes de votarem, afirmando que o bem do município está à cima de tudo, e a sessão foi finalizada.

Foto

Câmara / Foto: Alerta Bahia

 

Post – 16/02/2018 – 10:16

 

Redação: Alerta Bahia

Edição: David Porto

Publicações Relacionadas

Homem é morto a facada em um bar na cidade de Candiba

David Porto

Homem é preso após ostentar arma de fogo na internet em Caetité

David Porto

Mulher é enterrada viva em Riachão das Neves no oeste da Bahia

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Política de Privacidade

Privacidade & Política de Cookies