Alerta Bahia
Destaque

Bispo de Bom Jesus da Lapa, UNEB e CPT visitam o Rio São Francisco em Carinhanha para…

Foto: Notícias da Lapa

Nessa quarta-feira dia 11 de julho, já se encontra em Carinhanha o bispo Dom João Santos da diocese de Bom Jesus da Lapa. Junto com representantes da CPT, Samuel Uneb e profissionais da imprensa Dom João percorrerá trechos do rio que divisam os municípios de Carinhanha e Malhada, oeste e sudoeste da Bahia.

A intenção da visita é salvar o Velho Chico que aos poucos está morrendo, um dos principais motivos: o assoreamento, causado pelo desmatamento nas encostas do rio.

A ação veio das anteriores discussões do I Encontro dos Bispos da Bacia do São Francisco, que aconteceu no mês de novembro em Bom Jesus da Lapa e reuniu bispos das cidades de Januária (MG), Caetité (BA), de Bom Jesus da Lapa (BA), Barreiras (BA), Barra (BA), Irecê (BA), Petrolina (PE), Floresta (PE) e Paulo Afonso (BA).

Os bispos se reuniram por dois dias com o objetivo de estudar e discutir a realidade do Rio São Francisco e encaminhar o posicionamento pastoral dos bispos em vista de sua revitalização, solicitação do Papa Francisco em sua Carta Encíclica, Laudato Sí.

Onze bispos da Bahia, Pernambuco, Sergipe e de Minas Gerais juntamente com representações da Igreja Católica reuniram-se para se inteirar de forma mais profunda sobre a realidade hídrica da região da Bacia do São Francisco. Os peritos e estudiosos apresentaram um diagnóstico sobre a conjuntura hídrica da Bacia do São Francisco, com diversos dados da realidade da região, especialmente do Cerrado, principal fonte de abastecimento do Velho Chico.

Saiba mais sobre o 1º encontro

Como fruto desse 1º encontro foi criada a “Carta da Lapa”, onde os  Bispos da Bacia do São Francisco se posicionam em defesa do rio.

Entre as ações, os Bispos se comprometeram a realizar alguns trabalhos  em suas dioceses, construindo propostas para salvar o rio São Francisco:   (1) convocar os cristãos a se sensibilizarem com a causa, em defesa dos rios; (2) Visitar todas as comunidades em suas dioceses, com o propósito de fortalecer o debate em defesa dos rios; (3) criar ferramentas de comunicação e informação capazes de fortalecer a luta ambiental na bacia; (4) apoiar e incentivar ações  de populações que estejam preocupadas com a preservação vida, respeitando os biomas; (5) criar a moratória do Cerrado; (6) chamar as autoridades federais, estaduais, municipais, senadores, deputados e Ministério Público  para que assumam a responsabilidade ambiental na bacia junto as  populações.


 

Post – 11/07/2018 – 08:19

Notícia de Carinhanha/BA

 

Redação: Alerta Bahia e trechos do Notícias da Lapa

Edição: David Porto

Informação: Notícia da Lapa

 

Publicações Relacionadas

Sobrinha denuncia agressão sofrida por tia deficiente na zona rural de Carinhanha

David Porto

Carinhanha registra 19 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas

Américo Júnior

Veja se está apto a votar; saiba quais municípios atingidos por decisão do STF

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Privacidade & Política de Cookies