Alerta Bahia
Plantão Alerta Bahia

Bahia registra quatro novas mortes por H1N1; número de casos confirmados chega a 164 e vacinação é prorrogada

Foto: André Borges / Agência Brasília

A Bahia registrou, em duas semanas, quatro novas mortes por Influenza A H1N1. De acordo com boletim da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), divulgado nesta quarta-feira dia 30 de maio, foram 19 óbitos relacionados à doença até 26 de maio.

O documento mostra ainda que foram confirmados 164 casos de H1N1, em 43 municípios baianos. As mortes ocorreram em Salvador (11), Apuarema (1), Camaçari (1), Irará (1), Lauro de Freitas (1), Retirolândia (1), Saúde (1), Serrinha (1) e Vitória da Conquista (1).

Segundo a Sesab, a faixa etária de maior ocorrência ficou entre os menores de cinco anos (57 casos e sete óbitos) e maiores de 60 anos (24 casos e cinco óbitos), sendo que 66,6% dos óbitos ocorreram no grupo dos menores de cinco anos.

Prorrogação da vacina

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (29) a prorrogação da Campanha Nacional de Vacinação até 15 de junho em todo o país. A medida foi adotada em decorrência de possíveis impactos da paralisação dos caminhoneiros no transporte público e nos atendimentos em serviços de saúde.

O encerramento da campanha estava previsto para esta sexta-feira (1º).

“É muito importante que as pessoas consideradas do grupo-prioritário procurem os postos para se protegerem contra a gripe. A vacina é a medida mais eficaz para evitar a doença e garante proteção às pessoas com mais risco de desenvolverem a forma grave da doença”, ressaltou a coordenadora-substituta do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, Ana Goretti.

De acordo com a pasta, 18,8 milhões de pessoas ainda não foram vacinadas em todo o país.

A expectativa é imunizar 54,4 milhões de pessoas até o dia 15 de junho. Após o fim da campanha, caso haja disponibilidade de vacinas nos estados e municípios, a vacinação poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos.

O ministério reforçou a importância da vacinação dos grupos prioritários, em especial, crianças, gestantes, idosos e pessoas com comorbidades, público com maior risco de complicações para a doença.


 

Post – 30/05/2018 – 16:35

Notícia da Bahia

 

Por: Bahia Notícias

Edição: David Porto

Publicações Relacionadas

Comunidade de Serra de João Alves Município de Malhada Atual

David Porto

Foragido de Barreiras é preso traficando em Guanambi

David Porto

Staying Connected: The Latest Media Apps

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Política de Privacidade

Privacidade & Política de Cookies