Alerta Bahia
Serra do Ramalho

Áudios de ameaça que viralizaram na região é Fake News, diz a polícia

Nota e imagem criada pelo Alerta Bahia

Os áudios que viralizaram nas redes sociais das regiões oeste e sudoeste da Bahia, no início desse mês de abril colocaram muitos em alerta. Nos áudios, criminosos usavam misturador de voz para não serem reconhecidos e ameaçavam adentrar em escolas de toda a Bahia para repetir a sena que houve em uma escola do município de Suzano, no estado de São Paulo, onde alunos foram feridos e outros mortos em momento de terror.

Primeiro os áudios chegaram no município de Feira da Mata, oeste do estado, onde pais de alunos e a educação municipal optaram em suspenderam as aulas por conta das ameaças, alguns dias depois, o receio chegou em demais cidades do oeste e outras do sudoeste, alcançando inclusive Carinhanha, Malhada, Guanambi, Bom Jesus da Lapa entre outras.

 Pais de alunos e até mesmo servidores entraram em contato com o site Alerta Bahia para questionarem a veracidade das ameaças de terrorismo, e a reivindicação popular levou a nossa reportagem à procurar respostas das polícias Militar e Civil.

Tanto o comandante do 17º batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Artur Mascarenhas Fernandes, quanto o coordenador da 22ª Coorpin, Dr. Clécio Magalhães afirmaram ao Alerta Bahia que os áudios são “Fake News”, nada mais que um crime cibernético.

Recentemente a PM até divulgou uma nota informando para que as pessoas tenham cuidado com o que ler na internet e afirmando que já estavam monitorando o crime.

____________________________________________________________________________

Post – 04/04/2019 – 09:42

Por: David Porto

Publicações Relacionadas

Grave acidente em Serra do Ramalho tira a vida de Ajadiel Pereira

David Porto

Polícia prende homem que estuprou e engravidou filha de 14 anos em Serra do Ramalho

David Porto

Filme produzido em Serra do Ramalho “A cidade do Futuro” tem pré-estreia no cinema em Salvador

David Porto
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

%d blogueiros gostam disto: