Alerta Bahia
Carinhanha Cocos Destaque Feira da Mata

Advogado entra com ‘Ação Popular’ pedindo intervenção da justiça para interromper obra de encascalhamento da BR-030 entre Carinhanha e Cocos

Imagem de grupo de reivindicação e foto de ação popular/Foto divulgação

O advogado Dr. Wallysson Viana com apoio manifestantestes dos municípios de Feira da Mata, Cocos, Carinhanha, no oeste da Bahia e Juvenília, no norte de Minas Gerais, entraram com uma ação popular jurídica em face da União Federal, e das empresas, Paviservice Serviços de Pavimentação LTDA e da CBV Construtora LTDA, solicitando intervenção da justiça para que impeça a obra de encascalhamento e determine a pavimentação asfáltica. 

Uma das alegações da população é que a obra paliativa custará o valor absurdo de 252 milhões de reais, e esse valor é suficiente para realização do asfaltamento do trecho. 

O advogado protocolou a ação nessa sexta-feira dia (28) de maio, ainda argumentam que, o trecho da rodovia BR-030 que foi feito no ano de 2011, realizado pela empresa CBV Construtora (pavimentação dos 26 quilômetros de Iuiu à Malhada) foi investido pelo cerca de R$ 37.756.918,96 (trinta e sete milhões, setecentos cinquenta e seis mil, novecentos e dezoito reais e noventa e seis centavos, uma prova de que o valor para paliar o trecho citado seria sim suficiente para pavimentá-lo. 

A ação popular comunica ao judiciário sobre a insatisfação da população, e que centenas de pessoas já organizam uma manifestação para impedir a execução do “tapa buracos”, iniciativa essa que foi denominada, “asfalto sim, cascalho não” (#asfaltosimcascalhonão). 

Outro ponto salientado, é que existe um evidente desvio de finalidade nesta obra, pois não é plausível se gastar tanto dinheiro público para encascalhar sendo que o valor destinado pode asfaltar com sobras de recurso orçamentário advindo a ilegalidade do ato, o que consequentemente implica na lesão ao patrimônio público. 

O trecho onde o asfaltamento é reivindicado é uma ramificação da FIOL, pois vai ligar o norte de Minas e o oeste da Bahia à tão falada Ferrovia de Integração Oeste e Leste do governo federal que se tem acesso no sudoeste baiano. 

O movimento Asfalto sim, cascalho não já soma apoios importantes, como os deputados federais, José Rocha (PL), Charles Fernandes (PSD), Joseíldo Ramos (PT); os prefeitos dos municípios de Feira da Mata, Cocos e Juvenília; vereadores e de várias lideranças políticas municipais. 

Veja a baixo a ação na íntegra fazendo o download. 

_____________________________________________________________________________

Post – 29/05/2021 – 09:07

Da Redação

Publicações Relacionadas

Contra a COVID-19, a prefeitura de Carinhanha inicia higienização de locais movimentados através de borrifação

David Porto

Carinhanha registra a 2ª morte pelo coronavírus e confirma mais 04 casos

David Porto

Pela segunda vez, Município de Serra do Ramalho registra mais dois óbitos por COVID-19 em 24 horas

Américo Júnior
Carregando....

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais

Privacidade & Política de Cookies